UMA COZINHA DE IMPROVISO OU INSPIRADA ATÉ MESMO NA NET...

quinta-feira, 24 de maio de 2012

CATAPLANA DE CAMARÃO E AMEIJOAS CONGELADAS








Se quisermos fazer um miminho lá em casa num dia festivo ou de fim-de-semana, porque não recorrer a um prato saboroso e fácil de confeccionar?!... __ a CATAPLANA. 

A cataplana é o nome de um prato e de um recipiente tipicamente algarvio particularmente usado nas zonas mais litorais do Algarve onde a abundância e qualidade do peixe e do marisco fresco é maior.

O truque está na qualidade dos ingredientes utilizados. Mas, pelo preço e pela pouca disponibilidade junto de nós, (quando isso acontece) , podemos sempre recorrer a produtos congelados. Embora o resultado final não seja o mesmo. Ainda assim, vale a pena tentar!...




A cataplana característicamente em cobre ou latão, também é hoje fabricada em alumínio e está disponível em alguns super-mercados, devendo ser utilizada preferencialmente em fogão a gás.

Normalmente, os alimentos  __ geralmente, mariscos com outros ingredientes como carne de porco, cebola, pimentos e vários temperos e vegetais __ são colocados dentro do recipiente ( a cataplana ) e deixados a cozinhar com ela fechada em lume brando.

Desta vez, não tinha carne de porco. Só tinha camarão e ameijoas congeladas. Mas avancei para este prato que pode ser tão colorido.

Comecei pelo azeite (extra), pelo sal de algas ( hoje, tão em voga nos super-mercados ) e uma malagueta ( piri-piri).








Cortei os legumes em tirinhas ou pedaços __ cebola; tomate; pimentos (amarelos, verdes e vermelhos, para dar um toque de côr).

Esmaguei três dentes de alho grandes; acrescentei  um raminho de coentros.

Coloquei tudo dentro da cataplana que pus ao lume e deixei alourar um pouquinho ( não sei se é a maneira correcta de proceder. Porque, em princípio, deveria ser tudo colocado em crú. Mas, esta cataplana, foi um pouco à Malay )





Pouco depois acrescentei o chouriço, um pouquinho de linguiça e "bacon" cortados em rodelas e tiras. Salteei por uns momentos, envolvendo tudo com uma espátula.




Depois foi acrescentar o miolo de camarão que deixei ganhar um pouco de côr, a seguir as ameijoas e, finalmente, os camarões com casca. Então sim. Procedi à verdadeira maneira algarvia: fechei a cataplana com as duas pinças laterais e, em lume brando fui deixando cozinhar, agitando o conteúdo de vez em quando. Só que fui espreitando uma vez por outra para ver a evolução... É no que dá a inexperiência!...





De facto, já comemos cataplanas mais gostosas, no Algarve e não só. As ameijoas e os camarões têm um sabor a mar mais intenso já que são frescos e as ameijoas não vieram congeladas da Tailândia. Mas devo dizer que não ficou mal. Molhar um bom pão no molho que se forma é de fazer lamber os dedos... Até porque alguns dos camarões têm mesmo que ser descascados. Mas descascá-los de faca e garfo, como manda a etiqueta, tira-lhes uma parte do sabor... Confesso... prefiro sentir o molhinho a escorrer pelos dedos e ter que ter um guardanapo extra para ir limpando as mãos.


(Cozinhado, fotos e montagens, Maio / 2012)


Sem comentários:

Enviar um comentário